O que mata um jardim não é o abandono. O que mata um jardim é esse olhar de quem por ele passa indiferente.

Mario Quintana

8 de out de 2017

Poesia em mim


A Poesia me explora
Me namora, me beija.
Ela me deseja, maneja,
Acalenta, concentra...
Revira meu avesso,
Revela meus segredos,
Expõe contradições.

Magna Vanuza Araújo
|Direitos Reservados|

2 comentários:

Adubos