O que mata um jardim não é o abandono. O que mata um jardim é esse olhar de quem por ele passa indiferente.

Mario Quintana

27 de nov de 2011

Apenas Vá


Nesta manhã
acordei com o barulho
do teu silêncio
e uma presente ausência

Não espero que me peça
pra ficar
Tenho que sair de cena
vou

Não precisa justificar
teu silêncio disse tudo
(Apenas vá)

Magna Vanuza

2 comentários:

  1. ...olá!...gostei muito...suave, sensível..pequeno e belo...e por coincidência, estava ouvindo a música da Marina Elali, Talvez...e por isso ficou mais linda ainda...
    Boa semana!

    ResponderExcluir
  2. muito lindo.

    http://pormedodefalar.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Adubos