O que mata um jardim não é o abandono. O que mata um jardim é esse olhar de quem por ele passa indiferente.

Mario Quintana

26 de abr de 2012

Improviso 53



Se falando em Boqueirão,
todo morador tem algo pra contar,
é história dalí, de acolá...
... O povo é trabalhador,
Mas nas horas vagas,
é tudo conversador...

Aqui não tem mar,
mas o por do sol
Nada deixa a desejar.
E calor não é problema,
tem o manancial,
se quiser se refrescar.

Água não vai faltar,
é só pular no açude,
dizem áté, que tem sereia por lá!
Muitos pescadores,
já quiseram se encantar
contaram que elas cantam
até o vidro da cachaça quebrar.

Mas conto de pescador,
se acredita com ressalva,
falam de uma cobra grande danada,
que rasteja pelas margens do rio,
devorando a boiada.

Já a feira é tradição.
"Todo sábado é São João",
Tem até uma rádio
A FM Boqueirão.

Tem poetas,cordelistas,
gente que virou artista
E vive se apresentando,
Nesse maravilhoso espetáculo
que é a vida!
Parabéns cinquentinha querida!

Magna Vanuza Araújo

Um comentário:

  1. Parabéns, Boqueirão ganhou uma poetisa de verdade !! Ótimo !!

    ResponderExcluir

Adubos